25/11/2013 20:23

No RN, livro gera polêmica sobre o que meninas e meninos podem fazer

Tia de aluna diz que exercício impõe estereótipos de homens e mulheres. Editora de livro nega que questão reforça imposição de padrões.

Carlos Eduaro

valores... valores, aonde estao eles, na naturza todos tem seus papel, machos e femeas, papeis bem claros, porque nao somos mais assim? Sinceramente crio meu filho para ser homem, e esta cartilha nao me assusta nao, alias como disse, valores , sao valores, e nao tem psicologo no mundo que venha a me dizer o que fazer, se voce quiser educar seu filho a ser submisso, sem coragem, e achando que o mundo e cor de rosa e problema de voces, o meu nao.

25/11/2013 às 20:23


Ricardo Brasil de Mesquita

Eu acho que devia ser lei agora: Toda criança tem que se tornar GAY ou LESBICA, o mundo seria bem melhor, não acham? Ser HETERO agora é crime... Socoorrroooo.

25/11/2013 às 20:23


Carlos Eduaro

perfeito!

31/10/2013 às 18:07

Jattin Rabbey

Como é possível estar tão equivocado escrevendo tão pouco? basta ler essas duas linhas completamente fora de propósito que você escreveu. A matéria não fala em opção sexual, mas em padrões de comportamento que... ops, afinal, o que eu estou fazendo? adianta argumentar com um cara assim? esquece...

31/10/2013 às 18:07

O Pentateuto

Quando eu digo que o Brasil está de marcha a ré, não aceitam. A nossa didática está 100 anos atrasada em relação a outros países. Tudo no Brasil querem resolver com cartilhas, transito, lixo no chão, etc. porém providências reais como saneamento básico que implica melhores condições de saúde, isso pode esperar. Se o cara jogar uma gimba de cigarro por engano pode ser multado, porém pode defecar e ver seus dejetos serem despejados na Lagoa Rodrigo de Freitas, isso pode ! Sinceramente uma lástima !

04/11/2013 às 17:29


Evandro Piacenski Machado

Tá certo sim. Vamos parar com essas bobagens feministóides. Isso está destruindo o mundo. Os homens construíram tudo no mundo. Esse negócio de feminismo é uma besteira. E não venham com essa de opressão. O piano era considerado um instrumento feminino. Por centenas de anos as famílias abastadas tinham pianos em casa. Nos EUA as famílias de classe média tinham pianos. Quantos gênios da música "mulheres" surgiram tocando piano? Que revolucionaram a música? Vejam o que aconteceu na Suécia com sua engenharia social.

04/11/2013 às 17:24


Turko Ouriques

Você é um lixo. Tenho pena da infeliz que te botou no mundo e mais pena ainda da retardada que te aceitou ou vai aceitar,

31/10/2013 às 09:05

Luís Carlos Taúrcio Junior

Cuspir no chão???? Isso é coisa de animal e não de Homem questão ridícula.

03/11/2013 às 23:55


Augusto

E não é verdade? mulher tem que lavar louça mesmo.

03/11/2013 às 15:27


Franklin Dellany Oliveira da Fonseca

Essa é uma JUMENTA!!!Precisar voltar a estudar, para poder saber no que questionar. Ai sim irá pode RINCHAR...

01/11/2013 às 19:25


Amanda Dias

Pois isto é o correto!!! Existem coisas apropriadas a cada sexo para homens e mulheres, é assim desde o início da humanidade, essa louca que se acha inteligente por ter um diploma é mais um destes ativistas que só contribuem para a degradação da sociedade, todas as sociedades que deixaram as pessoas decidirem o que era certo ou errado a partir do próprio ponto de vista ou seja de acordo com seus interesses sem padrões e regras se auto destruíram. Sociedade sem regras é sociedade falida, em caos, devastada, extinta.

01/11/2013 às 15:24


Rub Madriax

Amanda Dias, eu concordo 110% contigo. Realmente é uma vergonha.

01/11/2013 às 05:43

Larissa Pinto Fernandes

Meu filho gosta de calçar meus saltos e pintar as unhas quando eu pinto as minhas. Não vejo nada de mais nisso e o deixo brincar a vontade. Ele gosta de brincar de boneca e é mais meigo que a maioria dos meninos. E quer saber? Eu o amo desse jeito. E nada disse quer dizer que ele será gay. E se for? Qual o problema. Deixa eu contar a verdade aqui. Vocês estão falando que as pessoas querem homossexualizar o mundo. Sério?! Com qual objetivo? O que eu vejo são cabeças-duras antiquadas que querem heterossexualizar o mundo, isso sim.

01/11/2013 às 15:24

Charlesmartinho

Eu acho que foi mau interpretado só isso !!!!

01/11/2013 às 13:41


Andréa Cristina Vieira dos Santos

Que tosco! Cuspir no chão????

01/11/2013 às 13:34


Max Nicola Gonçalves Lucio

Pelo comentário de alguns, devo presumir que uma mulher que joga futebol, como a Marta, eleita melhor do mundo 5 vezes, é uma degradação para a sociedade... devo prsumir tb que o chef de cozinha Leandro Pimenta, premiado no mundo todo, também é uma degradação... pois o certo, segundo a cabeça doente de alguns que aqui comentam, seria a Marta ser a chef, e o Leandro o jogador, certo? Isso só prova como o sexismo é burro e apenas limita as pessoas. A menina pode jogar bola tanto quanto o menino, e o menino, pode brincar de cozinha tanto quanto a menina. Deixar preconceitos de lado é uma evolução

01/11/2013 às 12:01


Edmar Ferreira

Qt ignorância. oooo coment feio viu, qt falta de percepção?

01/11/2013 às 11:46

Claudia Kabus

o certo seria o chef ser homem também pois a maior parte dos chefs é homem.

01/11/2013 às 12:01

Rafael Milan Carneiro de Albuquerque

Cuspir no chão??? kkkkkkkkkkk... Daqui a pouco vão botar a opção: Coçar o saco.

31/10/2013 às 21:51


Rodrigo Neves Alcântara Rodrigues

que se importa em deixar o ambiente onde vive limpo, porém é caracteristica do homem cuspir no chão, que ao meu ver considero algo totalmente impróprio e porco.

31/10/2013 às 10:06

Gustavo Rj

Ou seja, os homens são um bando de sem educação ???? FALTA DE UMA PIA CHEIA PARA ESSA MULHER ....

31/10/2013 às 10:31

Gabriel Almeida

esse g1 adora censurar quem critica o bando gls

31/10/2013 às 18:33


Michely Coutinho

A explicação da Editora Positivo foi mais rasa ainda! O exercício é claro: "poder fazer". É também clara é a imposição de gênero e, ao meu ver, de poder. Lamentável!

31/10/2013 às 18:26


Cláudio Cesar dos Anjos Oliveira

Estamos vivendo um momento no qual pessoas criticam tudo. Vejo como normal o exercício, já que, atualmente, homens lavam louças. Agora, eu queria é ver se essa dona daí de cima, estiver num carro com o marido e o pneu fura. Quem vai ser destacado imediatamente para trocá-lo?????

31/10/2013 às 18:22


Fabio Vassili

Pra cada mulher que troca pneu terá um numero muito maior que não troca, seja por força, por comodismo ou por nunca ter se interessado no assunto. Isso não é argumento. Mas o ponto não é esse e sim que a questão não disse o q se pode ou não fazer, separado por gêneros...

31/10/2013 às 11:09

Gustavo Costa de Oliveira

O que os policiais homens tem dito sobre o aumento do efetivo feminino na polícia.. É que em uma ocorrência, quando é preciso violência, na maioria das vezes as parceiras não ajudam os seus parceiros por serem fracas ou por faltar coragem.. Os testes físicos pras mulheres são mais brandos na polícia, para que elas possam entrar... Várias vezes civis são obrigados a ajudar uma mulher policial...

31/10/2013 às 18:22

Antonio Alan Almeida Araujo

ter atitudes heterosessuais é crime?

31/10/2013 às 18:18


Antonio Alan Almeida Araujo

essa mulher, não tem o que fazer,,, uma atividade simples dessa. O mundo gay não vai entrar na minha casa, eu não sou preconceituoso,

31/10/2013 às 18:16


Esio Pereira

O Brasil precisando tando de pessoas que se reunem e debatem sobre a corrupção e a criminalidade no Brasil e vocês perdendo tempo preocupado com um conteúdo de um livro sobre meninos e meninas. vão caçar o que FAZER monte de desocupados!!!!!

31/10/2013 às 18:12


Gregor Samsa

E você aqui comentando. Desocupado.

31/10/2013 às 17:01

Roberto Slomka de Oliveira

O mundo é feito de problemas, uns grandes outros pequenos, depende da perspectiva. Educar as crianças para um futuro melhor ajuda INCLUSIVE no combate à corrupção. Ademais, temos 200 milhões de brasileiros, cada qual com bilhões de neurônios ativos (ou nem tanto. Ou seja, dá para se ocupar de mais de um tema sem prejuízo. No dia em que você tiver filhos vai entender o que estou dizendo. É obvio que tem gente para quem um único assunto já é demais, como parece ser seu caso, mas de qualquer forma, amigo, deixe de patrulhar os outros e cuide da sua vidinha...

31/10/2013 às 18:12

Guilherme B.l

realmente esse tipo de questão tem que ser banido, já limita a cabeça da criança, quer dizer que meninas tem mais afinidade pra cozinha numa posição servil, lavar louça, meninos não podem ter cabelo comprido, usar brinco, realmente muito fraca essa questão, falta qualidade no nosso ensino por isso tanta gente semi-analfabeta, o governo tem que multar a editora que elaborou esse lixo

31/10/2013 às 18:00


Carlos Eduaro

o ser humano e o unico animal da natureza que perdeu totalmente seus valores e suas atribuições, abusos devem ser coibidos sim, mas cada um deve saber sua parte,

31/10/2013 às 17:54

Roberto Slomka de Oliveira

Eu penso assim também, Guilherme, mas é preciso verificar se a intenção do exercício é a de dar a resposta "tradicional" ou a de expor os estereótipos à crítica da criançada. Neste sentido, o exercício pode sim ter valor pedagógico e social em mostrar que tanto meninos quanto meninas "podem" lavar a louça, ajudar a limpar a casa, usar cabelo comprido, etc.

31/10/2013 às 18:00

Roberto Slomka de Oliveira

Há primeira vista sou forçado a concordar com a tia da aluna. Mas avaliando o contexto da atividade, principalmente onde há a orientação para se desmontar os estereótipos de comportamento que temos, me parece que a atividade é sim pertinente desde que tomadas as devidas precauções. A partir daí a responsabilidade passa toda a ser do professor, pela forma como conduz a questão. O ideal é ter-se no final tanto meninos como meninas "podendo" lavar louça, arrumar a casa, usando cabelo comprido ou brinco. Por outro lado nenhum dos dois devia "cuspir no chão" por exemplo. Não vejo problema a priori.

31/10/2013 às 17:54


Milton Xavier

Peça cara da Soraia Souza ela deveria reclamar de muito mais. Mulher feia e carro velho, já sabem, ninguém quer.

31/10/2013 às 17:09


ANTONIO AUGUSTO TEIXEIRA

Ta tudo invertido nesse mundo de doidos. dizer que o menino pode usar sutiã ainda vai lá, afinal somos livres e podemos viver de acordo com a orentação sexual predominante na psiquê de cada um, mas dizer que é natural isso JAMAIS. Biologicamente recebemos um corpo o qual foi gerado pra determinadas funções naturais e se pode mesmo sendo homo tentar viver em harmonia com esse corpo, mas dizer que ta certo utilizar orgãos e funções desse corpo de forma contrária do natural não se trata de preconceito, se trata de ter alguma coisa bem estranha, alguma anomalia necessariamente ocorre.

31/10/2013 às 17:06


Marcelo Loreto

Acho que tem "ativista" querendo que o filho brinque de boneca.....

31/10/2013 às 16:50


Max Abc

Que estardalhaço por nada. Essa mulher não é muito certa. Por causa de pessoas como ela que a família está praticamente falida. Existem coisas para meninos e para meninas e ponto final. Parabéns para a Editora e nota 0 para a tal Soraya

31/10/2013 às 16:34


Luguvalium

Se você realmente acha que a 'familia esta falida' por causa disso, sinto muito mas você é um alienado.

31/10/2013 às 16:34

Luiz Carlos de Jesus Andrade

Há tá ela gostaria que no livro ensinasse que "tem que pegar, cheirar e experimentar antes de se decidir qual seu gênero" igual na cartilha que o governo queria distribuir. mas é uma escola particular dona. Particular. Eu pro exemplo, faço das tripas o coração para pagar uma escola onde meu filho não aprenda o que esse tipo de procariada politicamente correta que a dona doida quer....

31/10/2013 às 16:32


Israel Ternus Lamb

Perfeito, vou matricular meu filho em uma escola assim, pois quero que ele cresça sabendo que existem diferenças entre homens e mulheres, embora um não seja melhor que o outro.

31/10/2013 às 16:29


Gabriela Gomes Fernandes

Ridículo...

31/10/2013 às 16:11

Flávio da Costa

kkkk faz isto.. filho de roceiro tem mais que estudar no estilo da roça...

31/10/2013 às 16:29

Dazed In Galway

Estou chocada com o atraso!

31/10/2013 às 16:27


Dazica Desterro

Boneca é azul, rosa o carrinho.

31/10/2013 às 16:23


Max Nicola Gonçalves Lucio

Sexismo em pleno século 21? Mas que atraso! Quer dizer agora que menina não pode jogar bola? Lugar de mulher é na cozinha? Se fosse um livro de 1832 eu até entenderia! Mas em pleno 2013 não da pra engolir. A justificativa de que a idéia foi *promover o debate* não cola, até porque essa é uma questão que já deveria ter sido superada a muito tempo.

31/10/2013 às 16:14


Max Nicola Gonçalves Lucio

Carlos Eduardo, seria bom se fosse assim, porem na prática o que vemos são pessoas com preconceito de gênero, igual muitos que comentam aqui. Se o professor usar um exercício desse para contrariar a lógica do sexismo, eu apoio com certeza.

31/10/2013 às 15:56

Saulo Silva

Carlos, só basta ler os comentários da matéria para ver que o que você disse não acontece. :/

31/10/2013 às 16:14

Ricardo

A sociedade está um saco!!!! Parece que hoje o certo é ser gay, se não for gay é homofóbico!!! É até criminoso pensar como heterosexual atualmente.

31/10/2013 às 16:13


Francisco das Chagas Ribeiro Junior

Livro perfeito... Sociedade fajuta...

31/10/2013 às 16:09


Carlos Eduardo

Problema durante a atividade é que o professor não deve ter lido as orientações. Está claro que o exercício é justamente para mostrar a flexibilização dos papéis não mais restritos a gêneros. As crianças deveriam fazer suas relações e elas deveriam ser questionadas e debatidas, sem certo ou errado. O problema está na nossa péssima formação de professores, não no livro. Talvez o livro não seja apropriado para o nível do professor.

31/10/2013 às 15:37


Vini Mattos

Acho que essa moça necessita de uma certa cura.

31/10/2013 às 15:36


Max Nicola Gonçalves Lucio

a cura da ignorancia a gente ja sabe quem precisa

31/10/2013 às 15:18

Vini Mattos

Max Lucio sim, os homossexuais, feministas e simpatizantes que se acham intelectuais.

31/10/2013 às 15:36

Eduardo Ventura

o que essa macumbeira tá causando ai ? kk

31/10/2013 às 15:35


Cleber Camilo Soares

livro fascista!

31/10/2013 às 15:34


Vivalter de Souza Rodrigues

Um assunto que virou obsessão! As pessoas não podem simplesmente achar que a sociedade não tem nenhum valor cultural e moral , só enxergam uma liberdade da qual todos temos direitos, mas respeitando o pensamento de outras pessoas . Viver em sociedade é respeitar todas as linhas de pensamento, inclusive as mais conservadoras !

31/10/2013 às 15:34


Tony Vieira

É... o "politicamente correto" está acabando com a sociedade.

31/10/2013 às 15:31


Maria Lima

Pelo menos agora sabemos que RN= Rio Grande do norte e que a capital é Natal!!!

31/10/2013 às 15:22


Kacaujulianasantosso

ÉEEEE ANTIGAMENTE AS MENINAS BRINCAVAM COM BONECAS E OS MENINOS COM SOLDADOS !HJ AS MENINAS BRINCAM COM OS SOLDADOS E OS MENINOS COM BONECAS

31/10/2013 às 15:20


Max Nicola Gonçalves Lucio

hoje cada um pode fazer o que quiser, não é melhor?

31/10/2013 às 15:06

Kacaujulianasantosso

Max Lucio ENTENDEU A PIADA???????????????????????

31/10/2013 às 15:20

Gustavo Josende

A editora tá mais que certa. Menina brica de boneca. Menino joga futebol. Todo mundo até hoje foi educado assim... até a bruxa do turbante ali... ninguém morreu.

31/10/2013 às 15:01


Amanda Dias

Pela cara desta pessoa posso presumir até que tipo a tal leva ô essas criaturas são tão previsíveis, todas com os mesmos costumes!!

31/10/2013 às 14:51


Stephanny Santos

A qual criatura você se refere? Ahh.. Já sei, a mulher da foto né?! Desde quando olhar pra cara de alguém em uma foto pode dizer se a pessoa é previsível ou não??? Previsibilidade verifica-se com atitudes e não com prognósticos senhorita. Previsível é o seu comentário preconceituoso.

31/10/2013 às 14:51

Max Nicola Gonçalves Lucio

Amanda, voce disse *coisas apropriadas*.. então devo presumir que uma mulher que joga futebol, como a Marta, eleita melhor do mundo 5 vezes, é uma degradação para a sociedade... devo prsumir tb que o chef de cozinha Leandro Pimenta, premiado no mundo todo, também é uma degradação... pois o certo, segundo a sua cabeça doente, seria a Marta ser a chef, e o Leandro o jogador, certo? São pessoas como voce que fazem do mundo um lugar pior para se viver.

31/10/2013 às 14:48


Roberto Wagner Travençolo

RIDÍCULO..."CUSPIR NO CHÃO"...SIMPLESMENTE RIDÍCULO.

31/10/2013 às 14:38


Carlos Roberto de Souza

todo mundo tem razão.....então vamos sermos felizes

31/10/2013 às 14:33


Esio Pereira

O Brasil precisando tando de pessoas que se reunem e debatem sobre a corrupção e a criminalidade no Brasil e vocês perdendo tempo preocupado com um conteúdo de um livre sobre meninos e meninas. vão caçar o que FAZER monte de desocupados!!!!!

31/10/2013 às 14:32


Estado Laico

São ditames dogmáticos de cunho religioso medieval. Os fanáticos religiosos adoraram as medidas.

31/10/2013 às 14:29


Thiago

Essa questão é racista e homofóbica. O garoto é negro e a menina é ruiva, mas onde estão os índios, pardos e brancos? Onde está o novo sexo? Cadê os heteros que usam saia? E os trans?

31/10/2013 às 14:24


Pedro Paulo Pinheiro Benjamim

Pátimus. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

31/10/2013 às 14:02

Amanda Dias

Isto mesmo ela é racista homofóbica e heterofóbica também, faltou também aquele rapaz que mudou de sexo e depois se apaixonou por uma menina que sexo é o quarto? kkkkk

31/10/2013 às 14:24

Henriqe Mendes da Silva

Com toda certezaa,este livro reforça estereótipos! Mas rende bom humor nisto,só que para os pais,não.

31/10/2013 às 14:13


Eduardo Trindade

O material é claramente um lixo. Independentemente da questão de genero e tal, que espécie de livro de escola deve listar "cuspir no chão" como coisas que alguém pode fazer?

31/10/2013 às 14:12


Max Nicola Gonçalves Lucio

homens cospem no chão e jogam bola, enquanto mulheres lavam a louça e arrumam a casa kkkk e tem gente que não viu nada demais rsrs

31/10/2013 às 14:12

Jose Gomes

Procurem um documentário no YouTube chamado "O Paradoxo da Igualdade", pois mostra (cientificamente como as feministas estão erradas em dizer que não existe padrões. No mais esse tipo de implicância feminista me causa vergonha..., infelizmente elas não sabem o que falam.

31/10/2013 às 14:05


José Avelino Chagas de Oliveira

afinidades nos afazeres do dia a dia nada de mais, multipla escolha não diz que as meninas não jogam futebol, é só prestar atenção num joguinho de futebol na rua quantas são as menina? e brincando de cazinha com bonecas na varanda da casa quantos são menino? porque polemizar uma coisa natural.

31/10/2013 às 14:04


Carlos Henrique Ramos Queiroz

Sério mesmo que teve esse assunto teve essa relevância toda??

31/10/2013 às 14:02


Angélica Rocha

Ah... Mas se tivesse escrito que o homem que deveria ter "afinidade" em lavar a louça, creio que você daria importância.

31/10/2013 às 13:24

Pedro Paulo Pinheiro Benjamim

Angélica Rocha. Que que tem a ver?

31/10/2013 às 14:02

Rodrigo

kkkkkkkk, na parte de lavar louça notem que só traçaram que podem as mulheres, vou mostrar pra minha mulher isso !

31/10/2013 às 13:55


Estado Laico

Esse livro não foi escrito pelo Dep. Feliciano, não! Que pessoa "iluminada"!!!

31/10/2013 às 13:50


Belle 633

Povinho que não tem mais o que fazer e adora aparecer em rede social, E a imprensa de baixa qualidade ainda dá atenção a esse tipo de porcaria.

31/10/2013 às 13:47


Romero Wagmer Pinheiro

Tempestade em copo d'água

31/10/2013 às 13:47


Angélica Rocha

Duvido que pensaria assim se tivesse escrito que o homem que tem "afinidade" em lavar a louça.

31/10/2013 às 13:23

Pedro Paulo Pinheiro Benjamim

Que que tem a ver?

31/10/2013 às 13:47

Luciano Pinheiro

Isso aí é preocupação de gente que não faz sexo

31/10/2013 às 13:44


Alessandro Rodrigues

Ao contrario, Luciano. Isso eh preocupacao de quem faz sexo ou fez e teve filhas.

31/10/2013 às 11:23

Luciano Pinheiro

Então isso é preocupação de quem fazia sexo, teve filhas e não faz mais sexo...

31/10/2013 às 13:44

João Henrique

Outra coisa preconceituosa ali: a menina esta em pé o menino esta sentado. Porque ela n pode sentar? É direito só dos homens? Porque a opção brincar de boneca vem antes de jogar futebol? O direito delas vem primeiro que o nosso? Pode não fazer muito sentido nenhuma das duas observações, mas é nesse ponto que estamos chegando...tudo é preconceito agora, vai chegar um dia em que vão reclamar até da cor do papel higiênico.

31/10/2013 às 13:39


Pedro Paulo Pinheiro Benjamim

Sensacionalismo medíocre. Nem vale e pena comentar mais nada. Mãe que quer aparecer e meio de comunicação que não tem sobre o que noticiar.

31/10/2013 às 13:33


Luciano Rangel de Matos

Ta de todo tamanho la : A F I N I D A D E, mas tem gente que não tem mais o que fazer. mas bom senso ne gente, ai o menino no ensino fundamental voce vai e fala pra ele que ele pode usar sutian, pode passar maquiagem, pode usar saia é isso não e influencia não ?

31/10/2013 às 13:28


Thales Alessandro de Carvalho

"Esterótipo de gênero"!? Que BOBAGEM é essa? Os padrões de comportamento não são criados pela sociedade, mas são inatos aos homens e às mulheres! O engraçado é que esse povo que acha que os comportamentos de homens e mulheres são moldados pelo meio acham um absurdo quando vem alguém falar de "cura gay". Procurem no Youtube "brainwash gender equality paradox".

31/10/2013 às 13:28


Katia

nda haver...tempestade em copo d'água isso sim...

31/10/2013 às 13:17


Max Nicola Gonçalves Lucio

então vai lavar louça, internet é coisa de homem

31/10/2013 às 13:17

Márcio Luís Gomes

Esse pessoal não tem o que fazer mesmo. Só vão descansar depois que escreverem que homens tem que usar sutiã e dar a bunda.

31/10/2013 às 13:07


Bruney Mota Trindade

Quanta palhaçada. O que tem de errado ali ? esse povo adorar 'polemizar' as coisas, cada coisa '-'

31/10/2013 às 13:06


Maria

nota 100 pra quem escreveu o livro

31/10/2013 às 12:53


Leandro Scossi

O que vejo são comentários preconceituosos e racista, se fosse o pessoal aqui do sudeste ou do Sul, viraria moda. Bando de hipócritas.

31/10/2013 às 12:51


Alberto

Um nordestino morando no sudeste querendo ser gente. Era só o que faltava....

31/10/2013 às 12:51

Andre Milani Paes

é um Absurdo a criança que respondeu que mulher pode se fazer tdo, deveria ter só lavar louça ; kkkkkkkkkkkkkkkk brinkdeira

31/10/2013 às 12:43


Sandra Aparecida de Almeida

Eu vi esse vídeo da Dr. Dâmaris, isso sim deveria ser divulgado pela senhora Globo. Mas não eles querem fazer polemica de um assunto completamente inofensivo enquanto isso esse vídeo mostra incentivo a homossexualidade, a masturbação a prostituição a uso de drogas e NINGUÉM SE MANIFESTA QUANTO A ESSAS ABERRAÇÕES. RIDÍCULA VAI CAÇAR O QUE FAZER DE MAIS ÚTIL.

31/10/2013 às 12:38


Sandra Aparecida de Almeida

Esqueci de dizer que o vídeo mostra que os livros que no nosso todo poderoso governo tem enviado (que a Dra. Damaris fala no vídeo é para crianças de 10 a 12 anos... Por favor país fiquem indignados com isso e não com um livro tão inofensivo como esse.

31/10/2013 às 12:35

Sandra Aparecida de Almeida

Cépticomaximus você deve ser tão doente quantos os que criaram livros que incentivam crianças a ter esse tipo de comportamento

31/10/2013 às 12:38

Osvaldo

Parabéns professora é com pessoas igual a você que iremos construir uma nação justa.

31/10/2013 às 12:27


Pátimus

Daqui a pouco vão querer que o pai de leite no peito também?

31/10/2013 às 12:15


Noel Samways

O problema está no verbo "poder". Se tirar o verbo, está aprovado o teste?

31/10/2013 às 12:15


Pátimus

Mulher tem que lavar a louça e fazer a bóia sim, porque cozinham melhor que nós, e queremos comer bem (e elas também querem... hehehe

31/10/2013 às 12:09


Palpiterio da Cilva

E por que os grandes chefes de cozinha dos restaurantes mais famosos do mundo são homens? As mulheres que não são cozinheiras profissionais cozinham melhor do que os homens (não profissionais por pura tradição por terem sido ensinadas pelas mães, mas isso é um estereótipo que não mais traduz a realidade, muitas da nova geração usam o telefone como fogão (pedem comida pronta para entrega, e muitos homens que moram sozinhos aprenderam a cozinhar, basta ver os programas (chatos que passam na TV por assinatura onde os cozinheiros machos são maioria.

31/10/2013 às 12:06

Pátimus

Palpiterio Cilva, Deus dai-me paciência e sabedoria para aguentar os burros e analfabetos funcionais... Era melhor não ter respondido amigo... Não entendeu o espírito da coisa...

31/10/2013 às 12:09

Ulisses Moreira de Menezes Junior

Pra ser bem direto. Tem que haver respeito sim, mais querer colocar na cabeça de uma criança que é normal homem com homem e mulher com mulher aí tenha santa paciência. Com meu filho e minha filha mesmo não.

31/10/2013 às 12:06


Alessandro Rodrigues

Um livro indicando que meninos tem afinidade para cuspir no chao? Podem mijar na rua tambem? E cocar o saco numa reuniao de trabalho?

31/10/2013 às 12:04


Pátimus

Anderson Assis, deixa, pode ver que o pessoal do contra são sempre aqueles que não pensam direito. O livro não tem nada de mais. Essa tia aí quer arranjar um processo e uma graninha fácil.

31/10/2013 às 11:50

Anderson de Souza Assis

Pátimus, vc tem razão, não tinha pensado nisso, graninha fácil. Bem colocado.

31/10/2013 às 12:04

Pátimus

Na verdade quem lava a louça é a empregada doméstica, pois o menino e a menina estão trabalhando fora.

31/10/2013 às 12:02